Como plantar amendoim

Amendoins
Amendoim - imagem original: Eder Fortunato - Licença Creative Commons

O amendoim (Arachis hypogaea) é uma planta da família Fabaceae, como o feijão e a ervilha. Suas vagens, no entanto, se desenvolvem dentro do solo. O pedúnculo floral, após a polinização, curva-se para baixo, continuando a crescer até enterrar o ovário da flor. No solo, as vagens se desenvolvem e amadurecem.

Vagens de amendoim na terra
As vagens do amendoim se desenvolvem dentro do solo - imagem original: Biswarup Ganguly - Licença Creative Commons

Há três principais grupos de cultivares de amendoim:

Grupo Espanhol ou Spanish - cultivares do grupo Espanhol têm plantas que crescem eretas, de colheita precoce, com sementes pequenas e claras, e que têm a maior quantidade de lipídeos. Suas vagens têm duas sementes.

Grupo Valência - cultivares de grupo Valência também têm plantas que crescem eretas, de colheita precoce, mas suas sementes são escuras e suas vagens têm de 3 a 5 sementes.

Grupo Virgínia - cultivares do grupo Virgínia têm plantas muito ramificadas, de crescimento arbustivo ou rasteiro, e de colheita tardia. Apresentam sementes grandes, geralmente com duas sementes por vagem.

Crescimento das vagem de amendoim
Após a polinização da flor, os ovários fecundados terminam de se desenvolver em vagens dentro do solo. Nesta imagem os ovários estão indo para o solo - imagem original: Alain Busser - Licença Creative Commons

Clima

O amendoim pode ser cultivado em regiões que apresentam temperaturas médias entre 20°C e 30°C durante todo o ciclo de cultivo da planta. A planta não suporta baixas temperaturas. Como a chuva prejudica a polinização, o ideal é que o clima permaneça seco durante o período de floração.

Luminosidade

O amendoim necessita de alta luminosidade, com luz solar direta pelo menos algumas horas por dia.

Folhas do amendoim
O amendoim necessita de uma boa disponibilidade de água nos dois primeiros meses de cultivo. Quando a planta está bem desenvolvida, ela é resistente a curtos períodos de seca - imagem original: Yun Huang Yong - Licença Creative Commons

Solo

Cultive de preferência em solo bem drenado, leve, solto, fértil e rico em matéria orgânica. O pH do solo ideal para o cultivo de amendoim situa-se entre 5,5 e 6,5. A planta pode formar em suas raízes uma associação simbiótica com bactérias conhecidas como rizóbios ou rhizobium (gênero Bradyrhizobium), capazes de fixar o nitrogênio do ar no solo como amônia ou nitrato, provendo pelo menos parte do nitrogênio necessário para as plantas.

Irrigação

Irrigue de forma a manter o solo sempre úmido, sem que fique encharcado. Durante a floração reduza ou suspenda a irrigação para não prejudicar a polinização.

Flor do amendoim
Flor do amendoim - imagem original: H. Zell - Licença Creative Commons

Plantio

As sementes geralmente são plantadas direto no local definitivo. As sementes também podem ser plantadas em pequenos vasos ou copinhos de papel jornal com 10 cm de altura. As mudas são transplantadas quando têm de 10 a 15 cm de altura.

O espaçamento recomendado é de 15 a 30 cm entre as plantas e de 60 a 80 cm entre as linhas de plantio.

O amendoim pode ser cultivado em vasos e outros contêineres, mas estes devem ter um diâmetro mínimo de 50 cm.

Tratos culturais

Mantenha a plantação livre de plantas invasoras que competem com o amendoim por recursos e nutrientes.

Para os cultivares que crescem eretos (grupos espanhol e valência), amontoe terra junto às plantas antes da floração ou assim que surgirem as primeiras flores. Isto facilita a chegada do ovário da flor ao solo e melhora a produtividade.

Colheita de amendoins
A planta do amendoim é puxada da terra quando suas folhas amarelam, e então deve ficar secando por uma ou duas semanas, até que as vagens se soltem da planta com facilidade - imagem original: Mike Fernwood - Licença Creative Commons

Colheita

A colheita das vagens pode ser feita de 100 dias a quase seis meses após a semeadura, variando conforme o cultivar plantado e as condições de cultivo.

A colheita do amendoim é realizada quando as folhas das plantas estão amareladas. Retire algumas vagens da terra e verifique se a parte interna da vagem apresenta veios mais escuros, o que indica que estão maduras e prontas para a colheita.

As plantas são arrancadas do solo e deixadas em local protegido da chuva e umidade com as raízes e vagens expostas, para secagem por uma ou duas semanas. Se a colheita for atrasada, ao arrancar a planta, as vagens podem se destacar da planta e ficar no solo. Após a secagem, as vagens se soltam da planta facilmente e podem ser recolhidas e armazenadas em local fresco e seco por vários meses, ou os amendoins podem ser retirados e utilizados.

O fungo Aspergillus flavus pode se desenvolver se a colheita for realizada em condições de alta umidade, se houver demora na secagem ou se o amendoim for armazenado de forma inadequada. Este fungo produz aflotoxinas, que são substâncias tóxicas e altamente carcinogênicas, sendo portanto um sério risco a saúde. Se o amendoim estiver contaminado ou apresentar sinais de bolor, ele não deve ser aproveitado de forma alguma para alimentação humana ou animal.

Amendoins
Amendoins - imagem original: Stacy Spensley - Licença Creative Commons