Como plantar arruda

Arruda
Arruda - imagem original: H. Zell - Licença Creative Commons

Ruta graveolens

A arruda é uma planta perene muito ramificada que pode ultrapassar a 1 m de altura. A planta inteira é aromática, e suas folhas e frutos podem ser usados como tempero para carnes, peixes, queijos, sopas, saladas e até mesmo para dar sabor a vinhos e outras bebidas alcoólicas, embora seu sabor muito amargo tenha sido mais popular na antiguidade do que em tempos modernos. Seu uso na alimentação, no entanto, quando muito deve se limitar a pequenas quantidades devido a sua toxicidade. Mulheres grávidas, em particular, devem evitar completamente o seu consumo. A arruda também é cultivada para fins medicinais, como planta ornamental e para repelir alguns insetos. A arruda também pode repelir cães, gatos e ratos. No entanto, suas flores amarelas são uma boa fonte de alimento para abelhas.

Arruda
A arruda é uma planta resistente que pode ser cultivada em diversas regiões climáticas e em vários tipos de solo - imagem original: Leonora Enking - Licença Creative Commons

Clima

A arruda pode crescer em muitos tipos de clima. Embora os melhores resultados sejam obtidos com temperaturas amenas, esta planta pode crescer bem em temperaturas entre 4°C e 30°C.

Luminosidade

Cresce melhor com luz solar direta, mas também tolera sombra parcial.

Flores da arruda
As flores da arruda são uma boa fonte de alimento para abelhas - imagem original: Franz Xaver - Licença Creative Commons

Solo

Cultive preferencialmente em solo calcário, bem drenado, com pH entre 7 e 7,5. No entanto, esta planta pode ser cultivada em diversos tipos de solo, incluindo solos pedregosos, pouco férteis e solos levemente ácidos.

Irrigação

As mudas devem ser bem irrigadas, já as plantas bem desenvolvidas toleram curtos períodos de seca, de forma que é possível irrigar de forma esparsa, permitindo que o solo seque superficialmente entre uma irrigação e outra. O excesso de água no solo pode prejudicar esta planta.

Plantio

A arruda pode ser propagada por sementes, por divisão de plantas bem desenvolvidas ou por estaquia.

As sementes podem ser semeadas no local definitivo ou em sementeiras, a uma profundidade de 0,5 cm no solo. A germinação leva de 1 a 3 semanas. Se semeadas em sementeiras, transplante as mudas quando estiverem com cerca de 10 cm de altura.

Os ramos de plantas bem desenvolvidas podem enraizar naturalmente em contato com o solo, de forma que plantas mais antigas podem ser divididas. Ramos saudáveis também podem ser cortados e parcialmente enterrados para enraizarem, formando novas plantas.

A arruda pode ser cultivada em vasos e jardineiras grandes.

Tratos culturais

Retire plantas invasoras que estejam concorrendo por recursos e nutrientes.

Em contato com a pele, a planta pode provocar fitofotodermatose, assim evite cultivá-la em locais onde as pessoas possam esbarrar nela. Use luvas para proteger as mãos e roupa adequada para proteger as partes do corpo que poderiam entrar em contato com a planta quando a estiver manuseando ou cortando, especialmente em dias ensolarados.

Arruda
A arruda é cultivada como planta ornamental, para repelir insetos e outros animais, para uso medicinal ou como tempero, embora seu uso na alimentação deva ser evitado ou não deva ultrapassar a pequenas quantidades devido a sua toxicidade - imagem original: Leonora Enking - Licença Creative Commons

Colheita

Folhas ou ramos podem ser colhidos quando a planta estiver bem desenvolvida. Sendo tóxica, seu uso na alimentação não deve exceder a uma pequena quantidade. Os frutos também podem ser utilizados, embora seu uso seja ainda menos comum que o uso das folhas. Para secagem ou para outros usos, como para repelir insetos dentro de casa, as folhas ou ramos podem ser colhidos em 90 a 120 dias após o plantio. A arruda é perene, podendo assim produzir por uma década ou mais.