Como plantar batata-doce

Batatas-doces
Batatas-doces - imagem original: Natalie Maynor - Licença Creative Commons

Ipomoea batatas

A batata-doce é uma planta perene que tem sido cultivada na América Central e na América do sul por milhares de anos. Trepadeira cujos ramos podem atingir de 1 m até 5 ou 6 m, cada planta produz normalmente de 5 a 10 raízes de armazenamento, sendo que estas raízes tuberosas são doces e ricas em amido. Estas raízes tuberosas podem ser consumidas cozidas ou assadas em diversos tipos de receitas doces ou salgadas. As folhas e as pontas dos ramos também podem ser consumidas cozidas ou refogadas, e são bastante nutritivas em comparação com outras verduras. A batata-doce é um dos principais alimentos em regiões tropicais úmidas do mundo, sendo também muito utilizada na alimentação animal. Algumas cultivares são apreciadas como plantas ornamentais.

Há uma grande variação entre as cultivares de batata-doce, com raízes tuberosas mais arredondadas ou mais compridas, de menor ou maior tamanho, com a cor interna podendo ser branca, creme, laranja ou roxa e a externa podendo ser de vários tons de creme, amarelo, rosa ou roxo. Há também grande variação no sabor, com variedades mais ou menos doces.

Uma curiosidade sobre a batata-doce é que seu genoma contém genes de bactérias do gênero Agrobacterium, o que faz dela uma planta transgênica natural.

Plantação de batata-doce
As folhas e pontas dos ramos da batata-doce podem ser consumidas cozidas - imagem original: A Repository - Licença Creative Commons

Clima

A batata-doce cresce melhor em clima tropical ou subtropical, com temperaturas acima de 20°C, sendo que a temperatura ideal para o cultivo situa-se entre 24°C e 26°C. Em locais com temperaturas baixas a batata-doce pode ser cultivada em estufas, porém as raízes tuberosas obtidas geralmente são menores.

Luminosidade

A batata-doce necessita de boa luminosidade para crescer bem, com pelo menos algumas horas de luz solar direta diariamente.

A maioria dos cultivares é adaptada ao fotoperíodo de dias curtos, como é o caso dos dias nos trópicos, e raramente floresce em regiões onde o dia tem mais de 12 horas de luz solar.

Batata-doce cultivada em um vaso
Batata-doce cultivada em um vaso - imagem original: Brendan Riley - Licença Creative Commons

Solo

Plante a batata-doce em solo bem drenado, sem pedras e outros detritos, fértil e rico em matéria orgânica. O pH ideal do solo situa-se entre 5,5 e 6,5, mas a batata-doce é bastante tolerante quanto ao solo, devendo-se evitar apenas solos pedregosos, solos sujeitos a encharcamento e solos compactados.

Irrigação

Irrigue de forma a manter o solo sempre úmido, sem que fique encharcado.

Batata-doce brotando
Batata-doce brotando - imagem original: Rachel Zack - Licença Creative Commons

Plantio

A batata-doce pode ser cultivada a partir de ramas destacadas de plantas adultas, a partir das próprias batatas-doces brotadas ou a partir de suas sementes.

O método mais utilizado por quem já tem plantas de batata-doce na horta e vive em regiões tropicais ou subtropicais, é o plantio de ramas retiradas de suas plantas adultas mais vigorosas, com oito a dez entrenós (cada entrenó tem uma folha, portanto cada rama deve ter de 8 a 10 folhas já bem desenvolvidas). Cerca de metade da rama deve ser encoberta com terra, ficando a outra metade exposta. As ramas enraízam facilmente em solo úmido.

O plantio feito utilizando as batatas-doces é feito geralmente em regiões de inverno frio, onde as plantas não sobrevivem ao inverno, e por pessoas que estão iniciando suas plantações e não têm como obter ramas para o plantio. Normalmente são utilizadas batatas-doces pequenas para o plantio, que são enterradas a cerca de 5 cm de profundidade. Opcionalmente, as batatas-doces podem ser deixadas em um recipiente parcialmente cobertas com água para brotarem antes do plantio. Uma maneira de aumentar a quantidade de mudas é fazer o plantio das batatas e esperar que as ramas atinjam de 30 a 50 cm, quando são cortadas na base e plantadas no local definitivo conforme descrito no parágrafo acima.

O plantio por sementes é menos comum, mas também dá bons resultados. Plante as sementes em pequenos vasos, saquinhos de plástico próprios para mudas ou copos feitos de papel jornal com 10 cm de altura e 5 cm de diâmetro, e transplante quando as mudas atingem de 10 a 15 cm de altura.

As batatas-doces podem ser cultivadas em vasos, sacos e outros recipientes, desde que estes tenham pelo menos 35 cm de diâmetro e de profundidade.

Batata-doce de folhas roxas
Cultivar de batata-doce de folhas roxas. A batata-doce também é cultivada como planta ornamental em jardins - imagem original: daryl_mitchell - Licença Creative Commons

Tratos culturais

A retirada de plantas invasoras é necessária apenas no início do cultivo.

Apesar de poder ser uma trepadeira, o cultivo geralmente é rasteiro, sem tutoramento.

Batatas-doces de várias cores
Amostra da diversidade de cores das batatas-doces - imagem original: Pdemchick - Licença Creative Commons

Colheita

A colheita pode ocorrer de 100 dias a mais de 180 dias após o plantio, dependendo da cultivar utilizada, da forma de plantio e das condições de cultivo. Em regiões de clima tropical ou subtropical as raízes tuberosas podem permanecer na terra até o momento em que se tornam necessárias, já que a planta é perene. Em clima mais frio, a colheita precisa ocorrer antes da chegada das baixas temperaturas de inverno.