Como plantar batata

Batatas
Batatas - imagem original: Victoria Rachitzky - Licença Creative Commons

Solanum tuberosum

A batata, também conhecida como batata-inglesa apesar de sua origem ser as regiões andinas do Peru e da Bolívia, é um dos principais alimentos de origem vegetal cultivados no mundo, sendo apenas menos cultivada que a cana-de-açúcar, o milho, o trigo e o arroz.

A batata propriamente dita é um tubérculo, ou seja, um órgão de armazenamento de nutrientes desenvolvido nos rizomas da planta, que por sua vez são caules que crescem abaixo do solo. Estes tubérculos são ricos em amido, contendo além dos carboidratos, uma quantidade razoável de proteínas de alta qualidade, potássio e algumas vitaminas. Muito da má reputação atual da batata como alimento se deve ao seu modo de preparo. Em particular, seu uso em frituras, assados ou produtos de panificação, com uma exposição prolongada a altas temperaturas (>120°C), leva ao surgimento de acrilamida, uma substância com potencial cancerígeno. Batatas cozidas não contêm acrilamida.

A batateira é uma planta que pode atingir de 30 cm a cerca de 1 m de altura. Suas flores podem ser brancas, rosas ou violetas, seus frutos têm 1 ou 2 cm de diâmetro e contêm algumas centenas de sementes. Todas as partes da planta contém alcaloides tóxicos, principalmente solanina e chaconina, mas os tubérculos normalmente contém uma concentração muito menor do que os ramos, folhas e frutos.

Atualmente há mais de quatro mil variedades cultivadas de batata, com grande variação nos tubérculos, principalmente de tamanho, forma, cor interna e externa. A quantidade de solanina e chaconina também pode variar bastante, com algumas cultivares contendo muito pouco destes alcaloides a cultivares contendo o suficiente para serem amargas e potencialmente tóxicas. A maioria das cultivares apresenta uma concentração de alcaloides abaixo de 200 mg/Kg, e são assim consideradas seguras para o consumo.

Batateira
Plante a batata em solo sem pedras e outros detritos - imagem original: Ian Sommerville - Licença Creative Commons

Clima

A batata cresce melhor em clima ameno, sendo que a temperatura ideal para o cultivo situa-se entre 15°C e 25°C. Quando a temperatura do solo ultrapassa 27°C, a formação dos tubérculos é inibida.

Luminosidade

A batateira necessita de boa luminosidade para crescer bem, com pelo menos algumas horas de luz solar direta diariamente. Em regiões de clima quente, a batata pode ser cultivada com sombra parcial.

Solo

Plante a batata em solo bem drenado, sem pedras e outros detritos, fértil, rico em matéria orgânica e rico em nitrogênio. Solos argilosos pesados são menos adequados para o cultivo. O pH ideal do solo situa-se entre 5 e 6, mas a batateira é bastante tolerante quanto ao pH do solo.

Irrigação

Irrigue de forma a manter o solo sempre levemente úmido. O excesso de água facilita o surgimento de doenças na plantação. Suspenda a irrigação nas duas últimas semanas antes da colheita.

Batatas-sementes
Batatas-sementes - imagem original: Michael Warren - Licença Creative Commons

Plantio

Plantações comerciais fazem o plantio de batata com as assim chamadas batatas-sementes certificadas, que tradicionalmente são batatas cultivadas em regiões livres de doenças que afligem a batateira. Geralmente essas regiões são sujeitas a invernos rigorosos, onde o solo congela no inverno, matando insetos vetores de viroses e patógenos que causam doenças. Atualmente as batatas-sementes certificadas também podem ser obtidas de plantas cultivadas com técnicas modernas em ambiente controlado.

Em hortas domésticas o plantio pode ser realizado com batatas que não apresentam sinais de doenças. O ideal é deixar as batatas em ambiente bem iluminado até que os brotos (ou rebentos) cresçam (cada olho do tubérculo produz um broto ou rebento). As batatas podem ser plantadas quando os brotos atingem aproximadamente 2 cm de comprimento.

É possível utilizar tanto batatas grandes cortadas quanto batatas de qualquer tamanho inteiras. Batatas grandes podem ser cortadas para produzir mais plantas, bastando deixar pelo menos dois olhos ou brotos por pedaço. Os pedaços devem ser deixados em ambiente arejado ao menos por um dia para que as superfícies dos cortes sequem antes do plantio.

Algumas cultivares de batata podem também ser cultivadas a partir de sementes retiradas do fruto da batateira, que são plantadas em sementeiras e posteriormente transplantadas quando têm pelo menos 4 folhas. Plantas originadas por sementes demoram mais pra crescer e produzir, além de não apresentarem a uniformidade obtida pelo plantio de tubérculos, razão pela qual o plantio por sementes é normalmente utilizado somente para a obtenção de novas variedades.

Batatas podem ser cultivadas em vasos, sacos e recipientes, desde que estes tenham pelo menos 30 cm de largura e de profundidade, que é o espaço mínimo recomendado para o plantio de uma única batata-semente.

Flores da batata
Flores da batateira - imagem original: Avanova - Licença Creative Commons

Tratos culturais

O principal cuidado é não permitir que os tubérculos da planta (as batatas que serão colhidas) fiquem expostos à luz solar. Isso deixa as partes expostas da batata com uma cor esverdeada por causa da produção de clorofila e induz a produção de alcaloides tóxicos. Assim, amontoe terra junto aos pés das batateiras a cada 30 dias, mantenha o solo com uma boa camada de cobertura morta ou cubra o solo com um plástico preto opaco desde o início do plantio.

Retire plantas invasoras que estejam concorrendo por nutrientes e recursos.

Batatas no solo
A colheita da batata é realizada quando as ramas estão amareladas - imagem original: Ishikawa Ken - Licença Creative Commons

Colheita

As batatas podem ser colhidas quando as ramas estão amareladas e os tubérculos estão se soltando com facilidade. Deixar a planta secar antes de iniciar a colheita permite que as batatas fiquem armazenadas por um período maior, mas é necessário que o solo não esteja úmido. A batata pode estar pronta para ser colhida de 75 dias a 180 dias (na maioria das vezes, 100 a 150 dias), dependendo da cultivar, do clima e de outros fatores regionais.

A batateira é uma planta tóxica e suas ramas, folhas e frutos não devem ser utilizados na alimentação humana ou de animais. Batatas esverdeadas podem ainda ser consumidas se um bom pedaço da parte que estiver verde for descartado, mas é preferível descartar a batata inteira ou usá-la como batata-semente.

Batatas de várias cores
Amostra de batatas das cores amarela, rosa e preta (ou roxa). Há muitas cultivares de batata, que podem variar bastante na cor, tamanho e formato dos tubérculos - imagem original: sparklebliss - Licença Creative Commons