Como plantar feijão-de-lima

Feijão-de-lima
Feijão-de-lima - imagem original: Natalie Maynor - Licença Creative Commons

Phaseolus lunatus

O feijão-de-lima deve seu nome ao período de colonização espanhola do Peru, quando os carregamentos deste feijão iam para a Europa em caixas com o local de origem marcado como sendo "Lima - Peru". Assim ficaram conhecidos como feijões-de-lima.

Clima

O feijão-de-lima cresce melhor em clima quente, podendo ser cultivado em regiões que apresentam temperaturas entre 18°C e 30°C durante todo o ciclo de cultivo da planta. Temperaturas acima de 30°C podem prejudicar a polinização das flores e consequentemente a produção de sementes.

Luminosidade

O feijão-de-lima necessita de alta luminosidade, com luz solar direta pelo menos algumas horas por dia.

Vagens de feijão-de-lima
O feijão-de-lima tem vagens achatadas e sementes com 1 a 3 cm - imagem original: Ton Rulkens - Licença Creative Commons

Solo

Cultive em solo bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica, com pH entre 5,6 e 7.

Solos ricos em nitrogênio ou adubação rica em nitrogênio permitem que as plantas cresçam mais, porém normalmente não há aumento na produção de vagens e sementes. Além disso, esta planta forma uma associação simbiótica com bactérias conhecidas como rizóbios ou rhizobium, capazes de fixar o nitrogênio do ar no solo como amônia ou nitrato, provendo assim o nitrogênio necessário para a planta e ainda enriquecendo o solo com este nutriente.

Irrigação

Irrigue de forma a manter o solo sempre úmido, sem que fique encharcado.

Sementes de feijão-de-lima brotando
O feijão-de-lima pode ser previamente germinado antes do plantio. Para isso, deixe as sementes sobre papel toalha umedecido até germinarem. Também pode ser utilizado tecido ou outro material absorvente - imagem original: Luimages - Licença Creative Commons

Plantio

Semeie as sementes direto no local definitivo da horta, a uma profundidade de 2 cm a 3 cm. Opcionalmente, as sementes de feijão-de-lima podem ser semeadas em pequenos vasos ou copos feitos de papel jornal, e transplantadas quando têm entre 10 e 15 cm de altura.

Algumas cultivares de feijão-de-lima são trepadeiras que podem atingir até 4 m de altura, e outras cultivares são de porte pequeno. O espaçamento para cultivares de porte grande pode ser de 75 a 100 cm entre as linhas de plantio, e de 30 a 50 cm entre as plantas. Para cultivares de pequeno porte o espaçamento pode ser de 45 a 60 cm entre as linhas, e de 30 a 50 cm entre as plantas.

Qualquer tipo de cultivar pode ser plantada em vasos grandes. As cultivares de porte pequeno podem ser plantados em vasos de tamanho médio (20 a 25 cm de diâmetro, com profundidade maior).

Tratos culturais

As cultivares de feijão-de-lima de porte alto são trepadoras e necessitam de um suporte com pelo menos 2 m de altura, como por exemplo, varas de bambu, estacas de madeira, cercas, treliças ou caramanchões. As cultivares de porte baixo não precisam de tutoramento.

Retire as plantas invasoras que estejam concorrendo por nutrientes e recursos.

Feijões-de-lima
Amostra da variedade de cores do feijão-de-lima - imagem original: Ton Rulkens - Licença Creative Commons

Colheita

A colheita das vagens começa de 85 a 110 dias após a semeadura, variando conforme a cultivar plantada e as condições de cultivo. As vagens são colhidas quando bem desenvolvidas, mas ainda jovens e tenras para conseguir sementes ainda verdes, ou já totalmente secas para conseguir sementes completamente maduras. Há cultivares com sementes brancas, pretas, vermelhas, alaranjadas e rajadas.

Não se deve comer feijões-de-lima crus, pois eles contêm linamarina, um glicosídeo cianogênico. Cozido, o feijão-de-lima não causa problemas e é muito nutritivo.