Como plantar borragem

Borragem ou borago
Borragem - imagem original: hardworkinghippy - Licença Creative Commons

Borago officinalis

A borragem ou borago é uma erva de ciclo anual nativa da região mediterrânea que atinge de 40 cm a mais de 1 m de altura. É reconhecida como erva medicinal e é também muito cultivada como planta ornamental em jardins. Os caules e as folhas são recobertos de finos pelos (tricomas). As folhas podem ser consumidas cozidas ou cruas, e têm um sabor semelhante ao sabor do pepino. No entanto, não devem ser consumidas em grandes quantidades, pois contêm ácido oxálico e pequenas quantidades de alcaloides tóxicos.

As flores da borragem são geralmente azuis ou violeta-azuladas, embora exista uma cultivar com flores brancas. Das flores pode ser extraído um corante azul, e estas também podem ser consumidas, podem ser usadas para colorizar vinagre ou podem ser usadas em confeitos e bebidas. As flores atraem abelhas e são uma rica fonte de alimento para elas.

O óleo extraído de suas sementes é rico em ácido gama-linolênico (GLA), um ácido graxo ômega-6, que é muito usado como suplemento alimentar. No entanto, a colheita eficiente das sementes é difícil e trabalhosa, pois as flores surgem ao longo de vários meses e assim as sementes não estão disponíveis para serem todas colhidas no mesmo dia.

Borragem ou borago começando a florescer
A borragem é uma planta fácil de ser cultivada em clima ameno ou frio - imagem original: Mike Linksvayer - Licença Creative Commons

Clima

Deve ser cultivada em clima ameno ou frio, com temperaturas entre 4°C e 25°C. Esta é uma planta resistente a geadas e baixas temperaturas.

Luminosidade

Melhor se cultivada sob luz solar direta, mas também tolera sombra parcial, desde que a luminosidade seja boa.

Borragem com flor branca
Cultivar de flor branca da borragem - imagem original: Jacinta Lluch Valero - Licença Creative Commons

Solo

Esta planta é bastante tolerante quanto ao solo, com a condição de que seja bem drenado. Como planta ornamental pode ser cultivada mesmo em solos pobres e pedregosos, mas para ser mais produtiva, o ideal é que o solo seja leve, bem drenado e fértil (deve ser rico em nitrogênio).

Irrigação

Irrigue com frequência para que o solo seja mantido levemente úmido. Esta planta é resistente a curtos períodos de seca, mas cresce melhor se não houver falta de água. Por outro lado, umidade em excesso é prejudicial e favorece o surgimento de pragas e doenças.

Plantas jovens de borragem
A borragem é normalmente semeada no local definitivo, pois suas mudas geralmente não suportam bem o transplante - imagem original: nociveglia - Licença Creative Commons

Plantio

A borragem é propagada por sementes, que devem ser semeadas de preferência no local definitivo, pois as mudas geralmente não suportam bem o transplante. Semeie a uma profundidade de 1 cm. A germinação ocorre em aproximadamente 1 semana. O espaçamento entre as plantas pode ser de 20 a 50 cm, sendo maior se o solo for bastante fértil e menor se o solo for mais pobre ou se a produção de sementes for o principal objetivo da plantação.

A borragem pode ser cultivada facilmente em vasos e jardineiras.

Tratos culturais

Use luvas quando estiver manuseando a planta, uma vez que os pelos dos caules são mais rijos e podem espetar as mãos. Algumas pessoas também podem ficar com a pele irritada ao manusear a planta.

Retire as ervas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes.

As sementes da borragem se desprendem e se espalham facilmente, tornando esta planta uma invasora em algumas regiões.

Borragem ou borago
A borragem pode florescer por meses - imagem original: H. Zell - Licença Creative Commons

Colheita

As folhas devem ser colhidas preferencialmente antes da floração, pois é quando estão com o melhor sabor. Colha as folhas ou as flores quando necessário, pois elas murcham em pouco tempo após serem colhidas.

As sementes são liberadas rapidamente quando os frutos estão maduros, assim pode ser difícil e trabalhoso colhê-las com eficiência, pois a floração pode se estender por meses. Por este motivo, a colheita mecânica das sementes geralmente tem como resultado uma baixa produtividade por área em comparação a uma cuidadosa colheita manual.