Como plantar cebolinha-verde

Cebolinha-verde
Cebolinha-verde - imagem original: pearlbear78 - Licença Creative Commons

Allium fistulosum

A cebolinha-verde é uma planta perene oriunda da China, sendo cultivada lá e no Japão desde a antiguidade. Esta erva tem pseudocaules e folhas cilíndricas ocas, e não forma bulbos como a cebola. Há muitas cultivares de cebolinha-verde, principalmente na Ásia, onde há cultivares altas e baixas.

As folhas e os pequenos pseudocaules das cultivares baixas são utilizados em diversos tipos de pratos, e podem ser consumidos tanto crus quanto cozidos. Os longos pseudocaules são a parte mais apreciada das cultivares altas. Cultivares baixas e altas são similares em aparência a cebolinha-francesa e ao alho-póro respectivamente. As cultivares mais comuns no ocidente são as baixas.

A folhas da cebolinha-verde são maiores que a da cebolinha-francesa, e suas flores são brancas. Muitas das cultivares se propagam vegetativamente, formando moitas com o passar do tempo.

Clima

A cebolinha-verde cresce melhor em temperaturas indo de 13°C a 24°C, mas há cultivares que podem suportar baixas temperaturas e há cultivares que podem crescer bem em altas temperaturas.

Luminosidade

A cebolinha-verde necessita de luz solar direta ao menos por algumas horas diariamente.

Cebolinha-verde
A Cebolinha-verde é uma planta bastante resistente - imagem original: Penny Liao - Licença Creative Commons

Solo

Cultive de preferência em solo bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica. A cebolinha-verde é uma planta bastante rústica e crescerá bem em quase qualquer solo, exceto os solos sujeitos a encharcamento e os muito ácidos.

Irrigação

Irrigue com frequência para que o solo seja mantido úmido, mas sem que fique encharcado. A planta adulta é relativamente resistente a curtos períodos de seca.

Cebolinha-verde germinando
Cebolinha verde germinando - imagem original: Nanao Wagatsuma - Licença Creative Commons

Plantio

A cebolinha-verde pode ser cultivada através de sementes ou da divisão de touceiras formadas por plantas adultas.

As sementes podem ser plantadas diretamente no local definitivo ou em sementeiras, transplantando as mudas quando estas se tornam grandes o suficiente para serem manuseadas.

O método de plantio pela divisão de touceiras consiste em separar cada planta da touceira, colher as folhas mais desenvolvidas e plantar cada planta espaçadamente na mesma profundidade em que se encontrava anteriormente.

Algumas cultivares de cebolinha-verde se propagam vegetativamente menos frequentemente, e portanto não são adequadas para o método de plantio por divisão.

A cebolinha-verde, tal como a cebolinha-francesa, pode ser facilmente cultivada em vasos e jardineiras.

Mudas de cebolinha-verde
Mudas de cebolinha-verde - imagem original: Nanao Wagatsuma - Licença Creative Commons

Tratos culturais

Retire, se necessário, plantas invasoras que estejam concorrendo com a cebolinha-verde por nutrientes e recursos.

Se o objetivo é colher o pseudocaule, periodicamente amontoe terra junto à planta para obter longos pseudocaules brancos.

Cebolinha-verde florescendo
Flores da cebolinha-verde - imagem original: jo-marshall - Licença Creative Commons

Colheita

A colheita de folhas da cebolinha-verde pode começar entre 75 e 120 dias após o plantio, dependendo da cultivar e das condições de cultivo. As folhas devem ser colhidas por inteiro, junto à base, e não pela metade. A planta também pode ser colhida inteira, para aproveitamento do pseudocaule. Neste caso a colheita é realizada por alguns horticultores cerca de 3 meses após o plantio, enquanto outros deixam a planta crescer por 9 meses ou mais.

A cebolinha é uma planta perene.

Maços de cebolinha-verde
Cultivar de cebolinha-verde com grandes pseudocaules brancos - imagem original: star - Licença Creative Commons